Tratar Presos com mais rigor?

quarta-feira, 28 de abril de 2010

VALE TUDO PRA SE MANTER NO PODER!!!!! - PARTE I




A busca da perpetuação do poder é o sonho de todo "politico". Desta vaca eles não querem desmamar, só querem largar quando deixarem o coro e os ossos. Pela perpetuação do poder os homens são piores do que urubus famintos! devoram tudo na sua passagem e ainda ficam com fome.



A ideologia destes "caras" é ditadura totalitaria, embora se declarem democratas!



Ideologia? Nenhuma! O que une um grupo que quer se perpetuar no poder é muita coisa escondida que não querem descoberta, é grana, continuamente caindo em seus bolsos. Claro DINHEIRO PÚBLICO.



Eles podem não se entender naquilo que alegam ser seus programas estratégicos, mas se irmanam de corpo e alma quando se trata de defender a preservação desse padrão de politica: aquela que vê na coisa pública um butim, um atalho para a acumulação primitiva e a permanencia definitiva no poder.



A História tá recheada de fatos que caracterizam esses "caras". Vargas, por exemplo, fez projetos para agradar o povo, mas era só fachada. Queria o apoio do povo para se manter no poder e fazer o que quizesse. Foi um ditador, foi cruel.



Quem sabe seja por causa do mal exemplo de Getúlio Vargas que tantos brasileiros utilizam de GOLPES para subir na vida. Getúlio foi um golpista que nunca mereceu o que teve, o seu suícidio foi covardia e pura hipocrisia.


E seu maior GOLPE foi quando exigiu que as Forças Armadas se aliassem ao Governo para IMPEDIR o comunismo (o qual ele condenava, LEVANDO AO PÚBLICO MENTIRAS, como incendios de igrejas, assassinatos e explosões, que ele dizia ser obra do COMUNISMO.


Fazem de tudo para se manter no poder... Distribuem camisinhas em escolas, cartilhas com ensinamento de sexualidade para o ensino fundamental, até mesmo em ano de eleições começaram a CAIAR escolas.


Não pode ser uma simples tática eleitoral. Tem que ter mais coisa em jogo!


Começei a me fazer esta pergunta e investigar, e agora com horror acho que me deparei com o motivo!


Quanto mais MENTIRAS inventam dá pra concluir:


"Quanto mais distorcida a noção de certo e errado de um povo mais passível ele se torna de receber e aceitar dominios opressivos e tiranicos".




Aos jovens digo: não acreditem em tudo que lhes dizem!


"NA DEMOCRACIA É SALUTAR A ROTATIVIDADE, ASSIM PODEMOS COMPARAR QUEM É BOM DE VERDADE".




Professor Valdeci Ribeiro, leciona Sociologia e História em Porto Velho.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

BULLYING: atividades na Escola João Bento da Costa


O bullying é um problema mundial sendo encontrado em toda e qualquer escola, não estado restrito a nenhum tipo de instituição, primária ou sencundária, pública ou privada, rural ou urbana. Assim estamos desenvolvendo junto com a Orientação Educacional desta escola, algumas palestras sobre o tema, com colaboradores do Projeto Amigos da Paz, que combate qualquer tipo de violência ou discriminação dentro das escolas.
Aqueles que praticam bullying poderão levar esse tipo de comportamento para a vida adulta, o mesmo comportamento anti-social, adotando atitudes agressivas no seio familiar(violência domestica) ou no ambiente de trabalho(assedio moral).
Estudos realizados em diversos paises apontaram para a possibilidade de que autores de bullying na época da escola venham a se envolver, mais tarde, em atos de deliquência ou criminosos.
Esse tema também será trabalhado nos Blog's das turmas e consequentemente na realização de seminários. Outros temas propostos para o segundo bimestre: Homossexualidade e Pedofilia.
Prof. Valdeci Ribeiro, leciona Sociologia em Porto Velho.

domingo, 25 de abril de 2010

MUNDO ANIMAL

"O direito animal é delicado. Não temos problema em comer uma ostra, mss temos raiva de quem faz um cão sofrer. Por trás do amor aos animais, se esconde um ódio aos homens. É preciso desconfiar desse amor." Luc Ferry, filosofo.

A civilização ocidental moderna é baseada em uma cultura de consumo sem fim, ou seja, de um esgotamento das riquezas naturais. Aqueles que defendem o "decrescimento" são, desse ponto de vista, também anticapitalistas - e daí vem um forte ligação com o "altermundialismo"(corrente politica que usa o lema "UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL" e combate a globalização) e da ecologia.
Há também uma forte crítica ao humanismo, à filosofia que está na base da modernidade. Com o nascimento dos direitos humanos, o Ocidente colocou o homem no centro do Universo. Alguns ecologistas querem tirar o homem do centro e colocar a natureza, defendendo por exemplo,o direito dos animais ou das árvores.
Essa idéia é, principalmente, uma arma de guerra, mas guarda uma certa verdade. Afinal, com o desmatamento, o HOMO OCCIDENTALIS se portou mal com a natureza e com os seus habitantes. E esse é o problema da ecologia: ela sempre tem um fundo de verdade.
É só analisar: matar um ser humano, contrata-se um advogado, paga-se uma fiança e pronto responde o processo em liberdade!
Agora se for um animal... o crime é injustificavél!!!!!!!!
O nosso mundo tá ficando ANIMAL. O problema, a principio, é que , hoje, quando alguém tem direitos, tem também deveres, algo que para os animais e as árvores é um tanto complicado...
A verdadeira ecologia, é aquela que quer o cresciemtno sustentável e que acredita que a solução se encontra na inovação, na razão e na ciência, não no decrescimento e no ódio à DEMOCRACIA.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

DIGA-ME COM QUEM ANDAS....



A convivência humana é um dos fatores primordiais no desenvolvimento social de uma pessoa. É através da mesma que adquirimos conceitos filosoficos, sociais e culturais, assim, somos produtos do meio em que estamos inseridos.

Um velho ditado popular: "diga-me com quem andas, que eu direi quem tú és", cai como uma luva, no processo de socialização do indíviduo. Não é raro ver hoje em dia, pessoas bem vistas na sociedade, aparecerem na mídia através de uma contravenção penal, influenciados por grupos de amigos, esquecem que a sociedade é regida por regras.

A política, ou porque não dizer, a "politicalha" tem colocado em maus lençois, líderes religiosos, grandes empresários e a sociedade em geral, que acreditando que ser corrupto faz parte da cultura brasileira, emporcalham-se com os velhos lobos e dinossauros das câmaras, congresso e senado federal deste país.

Um pobre roubando aparece nos programas sensacionalistas, os chamados programas policiais, que virou moda pelo país afora. Contudo o RICO quando "rouba" é chamado de corrupto, e vai dar entrevista coletiva para explicar o delito.

Precisamos melhorar e muito nossas relações pessoais, para que a futura geração, seja pautada na moral e na ética, não na HIPOCRISIA.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

QUE PAÍS É ESSE?

Esse refrão ficou famoso na década de oitenta embalado pelo grupo Legião Urbana: "Nas favelas, no senado é sujeira pra todo lado. Ninguém respeita a Constituição, mas, todos acreditam no futuro da nação". E a grande pergunta ainda paira no ar: QUE PAÍS É ESSE? onde os direitos humanos preservam a integridade do bandido em detrimento das famílias.
E não há uma "luz no fim do túnel" não! Os políticos brasileiros são mesmos uns bostas, não servem para nada, a não ser criar leis em benefícios de grupos ou deles mesmos. Será que é tão dificil apertar o cerco contra a bandidagem? Por que não criam leis para jogar na cadeia por muitos anos os criminosos comuns e os de colarinhos branco também?
Quanta sujeira, desvios de verbas públicas, nepotismo, apadrinhamentos, coronelismo, curral eleitoral, corrupção(ROUBO), e outras arbitrariedades que só colocam na cadeia os PPP's.
Cadê a sociedade que não se revolta e cobra seus direitos? Na verdade falta mesmo é conscientização da população brasileira para dar um basta nesta safadeza que é a politica brasileira, e isso só começa com educação, e a escola tem que trabalhar como agente de mudanças dentro da sociedade.
Mas esse processo é lento e gradual, isso é histórico, é só olhar para as grandes revoluções: A Inglesa durou quase que cinco décadas. A Francesa só aconteceu cem anos depois da Inglesa. Mas aconteceu! Será que precisamos sofrer ainda por algumas décadas para nos revoltarmos?

segunda-feira, 12 de abril de 2010

APRENDA A ESTUDAR!



Já são quase 16 anos em sala de aula e a cada ano percebo que muitos alunos, apesar de seus esforços, não conseguem obter o sucesso escolar que está ao alcance de todos. Será que os alunos sabem estudar?

O insucesso escolar depende muito de como a aluno se comporta na aula, muitos acreditam que vão aprender somente através do professor. Na verdade a sua atitude é que vai determinar o resultado final: aprovação no VESTIBULAR.

O aluno deve ter uma atitude positiva em relação a TODAS AS DISCIPLINAS, acreditando que as mesmas contribui para o desenvolvimento das nossas capacidades em geral, é preciso ter autoconfiança pois um desempenho médio está ao alcance de qualquer um.

É preciso evitar brincadeiras, conversas ou concentração em assuntos diferentes do que estão a ser estudados.

O aluno precisa desenvolver o seu espírito crítico,não OLHAR pra ver, não basta OUVIR para escutar. A compreensão dos assuntos(digo qualquer um) implica uma permanente atitude CRITICA sobre aquilo que se ouve ou vê.

Uma boa forma de despertar o ESPIRITO CRÍTICO , é de vez em quando, ler o assunto antes de ele ser abordado em sala de aula pelo professor.

Então no processo ENSINO-APRENDIZAGEM o papel do aluno é importantissímo para uma excelente realização do FEEDBACK, e com certeza a festa estará garantida no final do ano.
Prof. Valdeci Ribeiro, leciona Sociologia.

NOVOS DESAFIOS PARA A ESCOLA



O resgate do valor social da escola passa pela recuperação de sua cidadania no espaço público, por sua inter-relação com outras instituições sociais: familia, igreja e pela profissionalização continua do docente.

Ao longo da história, já houve quem pedisse uma sociedade sem escola, mas, na atualidade parece que temos escola sem sociedade. A escola precisa ter referencial público, estar institucionalmente articulada e ser conduzida por profissionais realmente comprometidos com o destino da nação brasileira rumo ao desenvolvimento humano, cientifíco, filosofico, tecnologico e cultural, com vistas para o alcance da soberania nacional e de uma verdadeira cidadania.
Prof. Valdeci Ribeiro, especialista em História Regional e Rondônia.

sábado, 10 de abril de 2010

OS DEZ MANDAMENTOS DO PUXA-SACOS.: vc conhece algum?

o puxa-saco sai até na radiografia do chefe
















Não é difícil encontrar quem é, foi ou conhece alguém que pratica a BAJULAÇÃO, essas pessoas são denominadas de puxa-sacos. O melhor exemplo de bajulador é aquela pessoa que pra ganhar a confiança, crescer na empresa ou ganhar algum PRIVILÉGIO concorda com tudo o que o chefe diz e é o primeiro a rir da piada contada pelo chefe. Há bajuladores conscientes pois sabem realmente que são PUXA SACOS.
Há quem diga que os chefes gostam dele, pois assim não haveria bajuladores e multiplicadores de suas idéias. Sendo assim bajular é uma ARTE, algo que requer bastante empenho para ser realizado com sucesso. Por existir muitos puxa sacos foi criada até o dia nacional dos mesmos, no dia 13 de setembro comemora-se o dia do bajulador.
Assim como existe os dez mandamentos na religião, aqui também temos os dez mandamentos do bajulador:
1. Quando o chefe chegar seja o primeiro a dar bom dia com um grande sorriso no rosto.
2.Toda vez que seu chefe espirrar diga "saúde", não importa a quantidade de vezes.
3.Morra de rir das piadas do seu chefe, mesmo que seja contra a sua "categoria" e sem graça.
4.Cole um adesivo no seu carro dizendo "EU AMO MEU CHEFE" ou pelo menos da empresa.
5.Tente parecer no máximo com seu chefe.
6.Espalhe para os outros a importancia dele na organização, cause pânico nos outros com a mínima possibilidade de saída dele do grupo. (com certeza ele vai gostar, eles adoram ser chefe).
7.Demonstre sempre uma EFICIÊNCIA.
8.Quando te passar uma tarefa faça o mais rápido possível.
9.Se seu chefe soltar um PUM, faça de conta que não ouviu nada, ou compartilhe com ele o cheiro
10.Seja sempre muito atencioso com seu chefe, demonstre pra ele muito carinho(mas, é bom já ir estudando o perfil do próximo chefe), para saber do que ele mais gosta.
* este texto foi tirado so site BRASIL ESCOLA, somente a nível de informação e quem sabe comemorarmos no dia 13 de setembro.( dizem por aí: que é melhor puxar sacos do que puxar carroças)
Prof. Valdeci Ribeiro, leciona Sociologia em Porto Velho.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

SONETO DAS AGRESSÕES CAMUFLADAS

I).
Você ficou sem entender bem o que aconteceu, conversou com uma pessoa que o tratou de maneira amável, simpática e muito gentil, mas, ao invés de se sentir feliz e estimulado, não via a hora de encerrar aquele encontro e voltar para casa.
Pois é. Aparentemente, você foi tratado de maneira cordial, mas, se não conseguiu ficar à vontade e se sentiu desconfortável é provável que tenha sido vitíma de uma agressão verbal camuflada.
E o pior é que nessas situações, além de sermos agredidos, ainda por cima nos sentimos culpados. Afinal, se fomos tratados com tanta consideração, que direito teríamos de nos sentir inferiorizados. incompetentes ou fracassados?!
No nosso ambiente de trabalho isso é comum acontecer... não é? Não. você não está ficando paranóico não. "A agressão verbal camuflada é mais comum do que se possa imaginar e a todo instante estamos sujeitos a ela nas circunstâncias mais imprevisiveis , em casa, no relacionamento com amigos e principalmente no AMBIENTE DE TRABALHO.
Somos insultados, desrespeitados, humilhados, desconsiderados, mas a agressão, de maneira geral, é feita com tal sutileza que não a percebemos conscientemente, e por isso nos abatemos.
Cuidado entretanto para não começar a ver fantasmas em todas as situações, imaginando sempre que alguém está querendo agredi-lo. Use o bom-senso e aprenda a identificar bem seus sentimentos- eles mais do que ninguém saberão orientá-lo sobre o que está realmente acontecendo.
do livro de Reinaldo Polito - revista Vencer n. 24
Prof. Valdeci leciona Sociologia no JBC

domingo, 4 de abril de 2010

PROFESSOR: caminhando para a extinção

Às vezes, reflito e me questiono sobre o quanto somos imensos diante de nossas limitações e, ao mesmo tempo, como podemos ser pequenos diante de nossa grandiosidade.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

PARALISAÇÃO NA ESCOLA JOÃO BENTO DA COSTA



Que ninguém saia por aí dizendo que é o "DIA DA MENTIRA", os professores da Escola João Bento da Costa, resolveram na noite do dia 31 de Março pela paralisação das atividades escolares, pelo menos até terça-feira dia 05/04, onde serão ouvidas as propostas e andamentos das reivindicações do SINTERO.

Na verdade o des-Governo de Rondônia, aprovou na Assembléia Legislativa um aumento que não atende as reivindicações dos profissionais em educação, e os professores na sua maioria entenderam que é justa a paralisação, onde os mesmos recebem apoio da maioria dos alunos desta escola, pelo menos nos que acreditam que um professor melhor remunerado, muda sim, a cara da escola, do ensino e da aprendizagem!!!

Chega de sermos humilhados e relegados, por pessoas corruptas que na calada da noite, criam cargos e mais cargos comissionados, e gratificações para chefes, para manterem-se no poder passando por cima da dignidade de muitos de nós.

Precisamos entender e colocar em prática, que somos muitos. Precisamos urgentemente de GESTÃO DEMOCRATICA dentro das escolas, se vivemos num país que se diz democrático, porque essa tal "democracia" não entra no ambiente escolar. Precisamos de gestores, comprometidos com a aprendizagem, mas, também comprometido com quem faz o trabalho de base, que é ensinar.

Vamos à luta!!!! Chega de jogarmos nossos filhos em ambientes "insalubres" que mais parecem lixeiras... nossos filhos precisam aprender cidadania e ter dignidade!

Dignidade de uma boa educação e de um ambiente saúdavel para as práticas escolares É preciso criar urgente algum mecanismo e começar uma verdadeira CRUZADA CONTRA A SUJEIRA dentro das escolas.

A sociedade precisa se unir e dá as mãos a esse movimento. Contudo é preciso acordar e entender que nossos filhos são entregues à escola para APRENDER, e precisamos aprender a ter dignidade, valores morais e éticos, para quem sabe assim não reproduzir no futuro, pessoas corruptas e larápios do erário público.