Tratar Presos com mais rigor?

terça-feira, 25 de junho de 2013

A EDUCAÇÃO ESTÁ DOENTE: SÍNDROME DO CONFORMISMO

Queria entender como alguns professores ensinam seus alunos na questão dos direitos e deveres, na questão da legalidade, das conquistas dos trabalhadores, do poder da Democracia, sem ao menos o mesmo ter  CONSCIÊNCIA DE GRUPO. 
Eu que sempre achei que todo problema da baixa qualidade da educação estava no aluno, sua falta de interesse, porque os conhecimentos não atingiam seu fim último, ou seja, “batiam fofo”, fui obrigado admitir que devia ser assim mesmo, que a frase: Só ensina quem aprende” era uma frustrada expectativa.

Mas, como pode um professor pensar assim? Por que ele propõe uma medida tão dura assim? Será que o fato de ver o quanto o professor é ruim põe fim nos problemas da educação?
Refletindo um pouco mais, pensei em alguns critérios, baseando-me na necessidade do dia a dia, tentando me avaliar se sou um desses ruins. Câncer da educação!!


Alguns professores não tem um curso de licenciatura na área em que estão atuando e não a dominam? São quebra galhos!!! Outros de áreas afins: informática, administradores, etc.
Vivem separado da leitura, apenas leêm o livro adotado para dar uma aulinha, e ainda se acham sábios?
Buscam tirar proveito em tudo, e cada um cuide de si mesmo?
Enrolam suas aulas com frivolidade, fingindo ser amigo demais de alunos e falando da vida pessoal e segredos fúteis o tempo todo, provocando pena e garantindo elogios no conselho de classe?
Ensinando palavras cruzadas para os alunos, utilizando jornais, dando brecha para a escola os criticar de malandro?
O que ocupa seu cérebro, a boca fala: tolices, banalidades, imagens ilusórias da vida?

Quem sabe ensinar para vida?
Concluí que muitos se parecem... muito com muitos!

Não merecem o salário que ganham!!! O ideal seria que se aumente o salário só dos bons professores. Só sei que o compromisso profissional deve ser condizente com a realidade. Senão a educação pagará um excessivo preço para se livrar do maus professores.

São profissionais que se conformam com o  modelo fracassado do sistema educacional brasileiro, a começar pela falta de estrutura e pelos baixos salários dos educadores!!!!!!


A GREVE CONTINUA!!!!!!

* Professor Valdeci Ribeiro, leciona Filosofia na periferia de Porto Velho-RO