Tratar Presos com mais rigor?

domingo, 15 de abril de 2012

FOLCLORE POLITICO DE RONDONIA

FOLCLORE POLÍTICO DE RONDÔNIA

Homenagem ao Ex-Verador David de Sá, na Legislatura no Final da década de 80, Davi Sá ainda reside no Bairro Nova Porto Velho.


█ No auge da campanha política de 1990, o comitê político do então candidato a Deputado Federal Maurício Calixto se assemelhava a um formigueiro, com tantos candidatos, cabos eleitorais e eleitores que entravam e saiam, a toda hora, por todos os lados, mais parecendo com a Casa de Irene ou a de Mãe Joana.

Neste vai e vem de candidatos, de colaboradores e de eleitores, os candidatos a Deputado Estadual David Sá (Porto Velho) e Ozézio Florêncio (Cerejeiras), velhos amigos políticos, de muitas campanhas e de várias derrotas, se consideravam eleitos e até faziam planos e projetos para comporem seus gabinetes.

- O meu gabinete não vai ter portas, afirmou David Sá.

- É, realmente é uma boa saída. Também você não vai ter gabinete, acrescentou Onézio. Ah! AH! AH! AH!

- Ora, não!!! Eu já estou eleito, rapaz.

- Esta sua história, David, eu escuto há muito tempo, de outros carnavais.

- É, mas agora não tem boca. Eu vou ser muito bem votado. Aguarde!

Terminadas as apurações e divulgados os resultados, os dois derrotados se encontraram, se abraçaram e derramaram suas lamentações, entre sorrisos e lágrimas, num mar de desculpas.

- Eu não ganhei a eleição porque me faltou dinheiro. Disse David Sá.

- Eu só perdi a eleição porque me faltou votos, finalizou Onézio.

E caíram em gargalhadas, com risos carregados e tímidos, prejudicados com os reflexos de tantas derrotas acumuladas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário