Tratar Presos com mais rigor?

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O QUE MUDARÁ NA EDUCAÇÃO DE RONDÔNIA

Não precisaremos desenvolver nenhum ritual para visualisar a situação da educação em Rondônia nos próximos anos. Quem sonhava com mudanças rápidas, pode tirar o cavalo da chuva, porque, ã briga nos bastidores por cargos entre PT, PMDB e PCB está longe de terminar.
Precisavamos de medidas drasticas dentro das escolas, aumento do número de inspetores, zeladores, serviços gerais (eletrecistas, pintores, etc...). Pra quem sonhava com um ataque de CHOQUE, nem mesmo os antigos diretores não foram convocados para saber as diretrizes do novo governo.
Vamos iniciar o nosso ano letivo, com nossas escolas parecendo presídios, sem ar-condicionados, banheiros destruidos, sem pinturas, falta de professores. Sem contar com a fuga de professores para outras Instituições Federais.
Poderiam ter decretado estado de Calamidade Pública, também na Educação de Rondônia, é só observar o Edital do CESPE para provimento de cargos públicos para a SEDUC do Amazonas, os salários inicial para professores é de R$ 2.352,00, isso sem levar em conta a gratificação de pós graduação que elevará os salários daqueles professores para quase 2.700,00.
Podem até dizer que o atualgoverno não tem culpa nenhuma, contudo esperamos de coração, que daqui a 3,5 anos quando chegarem as eleições novamente, a situação ainda esteja deploravel.
Precisamos de investimentos na educação de Rondônia, precisamos de reformas, sálarios dignos, condições dignas de trabalho, cursos de aperfeiçoamento, prevenção de saúde nas escolas para profissionais.

Um comentário:

  1. Um absurdo realmente.Parece que nosso secretário está com medo dos diretores,pois vai iniciar o ano letivo com os mesmo,mas sem colocar seu programa para a educação.Parece-me que nada vai mudar!

    ResponderExcluir