Tratar Presos com mais rigor?

domingo, 2 de setembro de 2012

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RONDONIA TEM FUNCIONARIO DESCONTROLADO

A associação Rondoniense de Jornalistas (ARJ) manifesta irrestrita solidariedade ao jornalista Rubens Coutinho, proprietário do jornal eletrônico "Tudo Rondônia", agredido de forma covarde pelo médico Sérgio Paulo de Mendes Filho, ex-diretor do hospital João Paulo II, na madrugada deste sábado.

O jornalista, que já havia sido ameaçado pelo médico em outras ocasiões, por duas vezes solicitou segurança junto as autoridades policiais, por temer ser vítima do descontrole emocional de Sérgio Paulo, que é especialista em artes marciais (Jiu-Jitsu) e é contumaz em praticar agressões físicas.

Na próxima segunda feira, 03, a ARJ irá solicitar providências da Secretaria de Segurança Pública e protocolar pedido, junto ao Ministério Público Estadual, para que a academia de Jiu-Jitsu de propriedade do médico agressor seja fechada e o próprio covarde agressor seja severamente punido. Uma vez que a conduta moral do proprietário, pode corromper os princípios da boa formação esportiva dos alunos.

A ARJ também questiona a prestação de serviços do médico nas unidades de saúde do Estado, levando em consideração que o mesmo já protagonizou cenas de surto psicótico dentro de hospitais em que atuava profissionalmente.

Por fim, a ARJ reitera total apoio ao jornalista Rubens Coutinho e defende o direito de se manifestar livremente qualquer opinião ou ideia, sem que se corra o risco de sofrer repressão, censura ou agressão física.


Adércio Dias Sobrinho

Presidente da ARJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário