Tratar Presos com mais rigor?

terça-feira, 27 de setembro de 2011

O NOBEL DA EDUCAÇÃO

Quem sabe um dia os educadores possam fazer jus ao prêmio?


Existe o prêmio Nobel da Química, o Nobel da Física. Tembém temos o da Literatura e o da Economia. Por que não existe um Nobel da Educação?


Será do fato de no ato de educar não existir um saber específico?


Será porque a Educação deixou de ser factor de desenvolvimento?


A prática da maior parte das escolas terá alguma coisa a ver com isso?


Quase todas as pesquisas incidem em escolas onde nada se cria e tudo se copia, produzindo conclusões em circuito fechado. Os pesquisadores adotam um "léxico" velho de séculos, jogam com conceitos absoletos, reinventam terminoloogias e nomenclaturas, reescrevem literatura de ficção cientifica: o fosso entre a teroria e a prática mantém-se, ou aprofunda-se.


Talvez lá ´para 2050, na Idade da Educação (e tal como Saramago), educadores possam fazer jus à distinção de um Nobel . Quem sabe?




José Pacheco (Educador e escritor, ex diretor da Escola da Ponte, em Vila das Aves (Portugal).






Prof. Valdeci Ribeiro, leciona na Escola JBC e no IMA em Porto Velho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário