Tratar Presos com mais rigor?

sábado, 20 de novembro de 2010

SONHO DOMADO

Sei que é preciso sonhar

Campo sem orvalho, seca.
A frente de quem não sonha.

Quem não sonha o azul do voô
perde seu poder de passaro


A realidade da relva
Cresce em sonho no sereno
Para não ser relva apenas
Mas a relva que se sonha

autor: Thiago de Mello
escritor amazonense

Nenhum comentário:

Postar um comentário