Tratar Presos com mais rigor?

segunda-feira, 10 de maio de 2010

PRESENTE DE GREGO

Me deparei nesta tarde com um ofício do Governo do Estado de Rondônia, através da Gerência de Educação, onde autorizava os diretores de escolas, a lotarem os professores com 30 horas aulas, 4 horas de reforço escolar e 6 horas para planejamento.
Enquanto o Governo Federal legisla sobre a redução da carga horária dos professores para 26 horas aulas, aqui em Rondônia fazem de conta que não entenderam a lei, e legislam contra a melhoria das atividades escolares. Todo mundo está careca de saber que com 30 horas aula, nenhum professor consegue ser eficaz naquilo que faz! A maioria das salas estão lotadas com mais de 35 alunos, sem ar-condicionados, sem ventiladores e sem qualquer infra estrutura que dê as mínimas condições para que se realize o processo ensino-aprendizagem.
Parece que para os governantes, quanto mais pior estiver a educação melhor! porque estamos produzindo em sala, verdadeiros ignorantes e analfabetos funcionais, que para os politicos de plantão é um prato cheio.
Quantos estudantes de ensino médio e acadêmicos não conseguem fazer uma simples interpretação de texto? e a culpa não é dos professores não... Os governantes não fazem de nada para dar um pouco de dignidade a essa classe tão massacrada no dia-a-dia.
Este ofício, é um verdadeiro "presente de grego", cabe a população dar o troco no dia das eleições, não votando nesses inimigos da educação brasileira.

3 comentários:

  1. Oi, prof. Valdeci, recebeste um prêmio, acredito eu que não é um "presente de grego". É só passar lá no blog pra pegar. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. é prof valdeci parece q presente de grego nóa recebemos todo dia,já cheguei a conclusão que não adianta querer trabalhar direito,pois se nao somos valorizados nem no espaço que se trabalha imagina pelo governo e ainda tem gente q vai votar nesse povo,arg!!!!

    ResponderExcluir
  3. "já cheguei a conclusão que não adianta querer trabalhar direito (...)"
    Discordo. Claro que os professores sozinhos não vão mudar a educação, mas grande parte da responsabilidade é deles sim. Não adianta empurrar a culpa toda para o governo se não fizermos a nossa parte. Durante os minutos que duram uma aula, é função do docente transmitir conhecimento, e ele deve tentar com todas as suas forças e apesar de tudo exercer essa função, afinal essa é a profissão que escolheu. Se todos, alunos e professores, lavarem as mãos e apenas discutirem quem é culpado, a coisa se tranforma em um ciclo vicioso. Até porque, acredito que as pessoas votem mal justamente por não terem educação suficiente.
    Quando um professor não dá AULA, está condenando os alunos, que já são vítimas da desigualdade social.
    Parabéns professor Valdeci pelo artigo! O que se deve fazer é criticar o outro lado sim, mas uma crítica embasada em um trabalho consistente.

    ResponderExcluir